20.9.19

Annus horribilis

Qual o pior ano de todos? Embora seja tentador enxergar o mundo em eterna decadência e dar o título para qualquer um que seja o ano corrente o consenso entre os entendidos é 536 da Era Cristã.

19.9.19

A melhor lista do Século XXI?

Segundo o povo do Guardian, essas são os cem melhores programas de televisão do século até agora.

A lista é uma vitória. Primeiramente por não ter Friends ou How I Met Your Mother. E por ter séries realmente excelentes nos primeiros lugares.

15.9.19

Vaporware

Uma doença ligadada ao uso de cigarros eletrônicos surgiu os EUA. Com o pânico moral que se instala, alguns políticos já exigiram a proibição do vaping - ignorando que é uma ferramenta de redução de danos.

13.9.19

Questão de escolha

Em caso de amputação, duas escolhas são possíveis. Ou se coloca uma perna que permita ao amputado sentir o terreno (melhorando ainda as dores fantasma) ou se instala um servidor de arquivos em si mesmo.

11.9.19

Robert Frank (1924 - 2019)

Morreu na segunda-feira o fotógrafo Robert Frank, autor de The Americans - um documentário fotográfico sobre as diferenças sociais e raciais os EUA de americana em meados dos anos 50.

10.9.19

Departamento de Aquisições

No final aconteceu a Banca de Quadrinistas no Itaú Cultural. Ouvi que estava rolando, lembrei do edital e fui. Chegando lá, decepção: poucas mesas - já que cada expositor só tinha um dia para expôr. A falta de outras mesas acabou sendo um jeito de economizr, já que publicações independentes são caras e acabo comprando demais. Trouxe para casa Amanhã de Novo (Amine Barbuda e Igor de Albuquerque), Spam (Cynhia B, Samanta Flôor, Germana Viana, Cátia Ana e Camila Torrano), Ser Artista Mulher É... (Cris Camargo), Monstruário (Lucas Oda e Mario Cau), Ânsia Eterna (Verônica Berta), Pequena Lembrança (vitor Inoue) e Maternidade Sincera (Cinthia Saly).

8.9.19

Puro estilo

I can let a book fall open and tell, just from reading a few sentences, if I will like it. However compelling the subject of a book might be, I find it hard to carry on reading if its sentences are boring. I should be more forgiving, since I have written my share of boring sentences. I am not. Neither are you, even if you don’t know it yet. You think you are looking past this sentence into what it is saying—about life, love, the existence of angels, the design of the injection-molded polypropylene stacking chair, whatever it is— but no. You think you care what this is about, but really you care how it sounds. You are reading it for its sentences.

Telefone espião

Alguém resolveu testar as fantasias paranóicas sobre os celulares. Concluíram que os smartphones não estão nos escutando o tempo todo e que - como eu sempre argumento - há uma série de outras formas de acertar na mosca ao mostrar os anúncios que aparecem para você.

6.9.19

Robôs e direitos

Embora tenhamos pena dos pobrezinhos, a violência contra robôs tem sua legitimidade. Principalmente quando são só ferramentas de vigilância com cara de tontos.

O assunto é complexo, mas acho que dar qualquer status especial a eles além do status de propriedade é no mínimo precipitado, não importa os vínculos emocionais que possamos estabelecer.

Sex and the Pic

No momento os juízes do estado americano de Maryland são os mais estúpidos dos EUA: eles decidiram que um menor de idade pode ser condenado por fazer pornografia infantil de si próprio. Afinal, as fotos podem cair em mãos peludas erradas, muito mais prejudiciais que puxar uma cana.